Quando eu Te Adoro

A música é algo de sublime, celestial e especial, que toca nossa alma e nos eleva ao Pai. Através da música podemos adorar e declarar ao Pai nosso amor, nossa adoração pelo que ele É, nosso louvor pelo que Ele tem feito.

Esta é uma oração que temos feito nestes dias.Se você também reconhece sua dependência do Senhor, faça esta oração.

Aperte o play e ouça.

___

___

Graça e Paz!

Anúncios

Segurando o Leme

Há bastante tempo tenho sido movido a retomar as atividades deste blog, mas depois de tanto tempo de inatividade fiquei imaginando se era realmente isso que eu deveria fazer.

Como o próprio “slogam” diz, se é que posso ter esta pretensão, o lema do blog é Compartilhar para Edificar, e com certeza não podemos ficar de braços cruzados apenas recebendo, quando há coisas maravilhosas a serem compartilhadas a respeito do Reino de Deus. Grandes revelações da Palavra viva que se renova.

Espero poder segurar o leme deste barco e tocá-lo em frente em favor do Reino e em nome de Jesus.

Se você chegou aqui, seja muito bem vindo, tome lugar e aproveite. Se gostar do que viu, volte outras vezes e nos ajude a divulgar o que será relatado aqui.

Graça e Paz!!

____

Falando do Reino

Conhecendo o Compositor

“Ó Senhor, tu és o meu Deus; exaltar-te-ei a ti, e louvarei o teu nome; porque fizeste maravilhas” (Isaías 25:1).


A revelação de Deus pode ser comparada a um concerto apresentado por uma orquestra. Algumas pessoas vêm para assistir ouvem apenas os instrumentos expressarem a melodia e harmonia da música. Outros vêm e estão familiarizados com o compositor e conhecem as palavras que acompanham a música. Estes, com certeza, ouvem muito mais do que a música. De igual maneira, só aqueles que têm um relacionamento pessoal com o Criador, através de Jesus Cristo, podem compreender

tudo que Ele faz e desfrutar plenamente das bênçãos maravilhosas que Ele oferece.


O nosso coração se enche de grande regozijo por podermos estar caminhando na presença de Deus. Não como alguém que ouviu falar ou que simplesmente tem curiosidade em saber mais sobre as coisas celestiais, mas como um filho amado, que mantém um relacionamento diário com o Pai divino, que O ama e é amado por Ele, que Lhe faz perguntas e recebe respostas, que caminha pelas estradas da vida e sabe que pode contar com Sua constante companhia.


Quando apresentamos a Cristo os nossos anseios, as nossas dificuldades e os nossos sonhos, como instrumentos que precisam estar em harmonia com Sua vontade, podemos contar com Sua atuação e Ele, com muito carinho, irá afinar cada instrumento de maneira perfeita, como o Maestro de nossas vidas espirituais, para que tudo em nós produza sons de felicidade.


Conhecemos o Compositor, Sua Palavra e as melodias que Ele deseja que o mundo conheça. Queremos dar o melhor de nossa atuação para que o Concerto da Salvação e da Vida Eterna seja tocado em cada canto deste mundo. Queremos que a melodia dos Céus inunde todos os lares e derrame a alegria verdadeira em cada coração. O Compositor nos ama e desejamos que cada vida tenha também o privilégio de gozar de Seu imenso amor.


Você vai apenas assistir o concerto ou quer conhecer o Compositor para tomar parte em Suas composições?



Min. Para Refletir

Cartas…

“Vós sois a nossa carta, escrita em nossos corações, conhecida e lida por todos os homens. Porque já é manifesto que vós sois a carta de Cristo, ministrada por nós, e escrita, não com tinta, mas com o Espírito do Deus vivo, não em tábuas de pedra, mas nas tábuas de carne do coração…” 2 Coríntios 3:2

Uma das perguntas que fizemos ao ler este texo foi: por que carta? De repente o apóstolo Paulo poderia ter escolhido qualquer outro símbolo, mas ele falou de “nossa carta… escrita em nosso coração… lida por todos os homens…”.

A carta nos parece algo tão comum, ainda mais agora com a realidade da internet acessível a quase todos, o email sendo um meio de comunicação tão mais prático, a carta acabou quase em desuso. Mas a carta possui alguns elementos tão especiais que podem ser uma simbologia rica e maravihosa para a vida do discípulo de Jesus.

Toda carta tem um remetente. O discípulo de Jesus é enviado, remetido pelo Mestre a ir por todo mundo e pregar o evangelho, batizando em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo e ensinando a guardar os mandamentos de Jesus.

Toda carta tem um destinatário. O Mestre nos envia lá em Mateus 28 para irmos ao mundo. Este é o destinatário do discípulo, que é carta viva. Ir até aquele que precisa ser alcançado pelo amor de Jesus.

Toda carta tem um selo. O selo significa que aquela carta foi paga e pode ser postada, significa que ela está autenticada e autorizada a ir ao seu destinatário. A Palavra diz que fomos selados com o Espírito Santo, e por isso temos tudo que precisamos para cumprir a missão e o propósito do nosso Pai.

Toda carta tem um envelope. Envelope fala de proteção do conteúdo, revestimento, lacre. A palavra nos ensina a nos revestir de toda armadura de Deus, para resistirmos ao dia mau. Armadura também fala de proteção e a palavra é detalhista quanto a isso em Gálatas 6:13-18:

Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, depois de terdes vencido tudo, permanecer inabaláveis. Estai, pois, firmes, cingindo-vos com a verdade e vestindo-vos da couraça da justiça. Calçai os pés com a preparação do evangelho da paz; embraçando sempre o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do Maligno. Tomai também o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus; com toda oração e súplica, orando em todo tempo no Espírito e para isto vigiando com toda perseverança e súplica por todos os santos.

Toda carta deve ter um conteúdo. Paulo diz: “Vós sois a nossa carta, escrita em nossos corações, conhecida e lida por todos os homens…”.

Daí que surge a pergunta crucial: qual o conteúdo que temos levado como cartas de Cristo? Somos realmente carta conhecida e lida por todos os homens?

Com certeza o apósto Paulo falava aqui de uma igreja referência. Uma igreja que prega verdadeiramente o evangelho do reino e provoca mudança. Uma igreja que pode ser lida e ser tomada como exemplo.

Este é o nosso desafio, sermos cartas vivas que, além de pregar e falar, vivem o reino de Jesus.

Porque já é manifesto que vós sois a carta de Cristo, ministrada por nós, e escrita, não com tinta, mas com o Espírito do Deus vivo, não em tábuas de pedra, mas nas tábuas de carne do coração…

Graça e Paz!

Promessas…

Os encontros do grupo semanal tem sido cada vez mais especiais, onde temos discutido vários assuntos do dia a dia de cada um, buscando a luz da Palavra de Deus. Um dos nossos encontros recentes, falávamos sobre uma coisa com a qual sempre nos deparamos: a ansiedade. Ela nos acompanha sempre. E no grupo, mesmo quando não estamos falando diretamente sobre a ansieade, ela sempre surge nos debates, nos lembrando da importância das palavras de Jesus em Mateus 6, quando ele fala sobre a ansiedade. Foi deste debate que resolvemos falar um pouco de promessas e encontrar alguns textos na palavra que nos remete à confiar cada vez mais no senhor. Vamos compartilhar aqui alguns destes textos e que eles sejam de edificação para a tua vida.

Isaías 64:4 – “Porque desde a antiguidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com os olhos se viu um Deus além de ti que trabalha para aquele que nele espera.”

Salmo 127:2 – “Inútil vos será levantar de madrugada, repousar tarde, comer o pão que penosamente granjeastes; aos seus amados ele o dá enquanto dormem.”

Isaías 57:14,15 – “E dir-se-á: Aplainai, aplainai a estrada, preparai o caminho; tirai os tropeços do caminho do meu povo. Porque assim diz o Alto e o Sublime, que habita na eternidade, e cujo nome é Santo: Num alto e santo lugar habito; como também com o contrito e abatido de espírito, para vivificar o espírito dos abatidos, e para vivificar o coração dos contritos.”

Isaías 49:15,16 – “Porventura pode uma mulher esquecer-se tanto de seu filho que cria, que não se compadeça dele, do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse dele, contudo eu não me esquecerei de ti. Eis que nas palmas das minhas mãos eu te gravei; os teus muros estão continuamente diante de mim.”‘

Isaías 33: 15-17 – “O que anda em justiça, e o que fala com retidão; o que rejeita o ganho da opressão, o que sacode das suas mãos todo o presente; o que tapa os seus ouvidos para não ouvir falar de derramamento de sangue e fecha os seus olhos para não ver o mal. Este habitará nas alturas; as fortalezas das rochas serão o seu alto refúgio, o seu pão lhe será dado, as suas águas serão certas. Os teus olhos verão o rei na sua formosura, e verão a terra que está longe.”

Estes textos e alguns outros nos levaram a contemplar a beleza das promessas do nosso Pai e tem feito calar a ansiedade em nossos corações. Conversamos muito sobre estas promessas e outras tão maravilhosas quanto estas e saímos com a certeza renovada.

Para finalizar, deixo com vocês o texto de Isaías 35, que é uma das passagens mais espetaculares da palavra de Deus e fala da felicidade na Sião futura.

Que o Senhor te abençoe, te guarde e te dê paz.

Lucas 16

Este texto do livro de Lucas conta a história de um administrador infiel, que defraudava seu senhor e foi denunciado. Quando isso aconteceu e ele foi interpelado pelo seu patrão e mesmo assim continuou revelando um coração ruim, que buscava levar vantagem junto aos devedores do seu senhor, mesmo estando a ponto de ser demitido. O texto nos mostra um homem que não correspondeu à confiança depositada nele, que mesmo descoberto ele continuou nas mesmas práticas.

Através deste texto tratamos um pouco do tema fidelidade. Temos correspondido a expectativa do Senhor para conosco? Temos sido fiéis com aquilo que Ele tem posto em nossas mãos?

O Senhor está sempre investindo em nós e tudo que ele espera é nossa fidelidade e gratidão. Até mesmo porque ele sonda os corações antes de qualquer coisa. O Salmo 139 declara que antes que a palavra chegue a nossa boca o Senhor a conhece. O Senhor quer saber até onde pode contar conosco. Ele quer ver qual a nossa reação diante das situações. Se vamos nos manter fiéis ou vamos voltar atrás na hora de dar testemunho da Verdade.

Nestes dias o Senhor tem nos advertido de muitas formas. Através da Sua Palavra, através dos irmãos, dos pastores e lideranças e tantos meios. A vontade do Pai tem sido apresentada através da mídia e muitos outros veículos. É preciso estar atento a voz do Senhor e à sua vontade.

Normalmente, queremos muito de Deus. Queremos sempre o melhor, mas por outro lado muitos tem sido infiéis nas mínimas coisas em que são provados. As pessoas sempre estão insatisfeitas, sempre querem mais. Sempre querem coisas mais novas, modernas e as vezes se esquecem de ser fiéis naquilo que o Senhor lhes dá.

Nossa oração é para que você avalie tudo que Deus tem colocado em sua vida, sua casa e sua família e seja fiel. O Senhor quer a sinceridade e fidelidade do nosso coração e ele nos provará. Se formos reprovados, o Senhor é amoroso e misericordioso para nos dar novas chances. Ele não quer reprovar você. Ele quer que você seja um servo fiel e aprovado em toda boa obra. Amém!

………..

Queremos registrar um momento muito especial que aconteceu no encontro desta semana. O casal Vanderley e Nena decidiram fazer a renovação de alianças na reunião do grupo e foi uma grata surpresa. Que o Senhor continue abençoando e fortalecendo este casamento em nome de Jesus.

Que o Senhor te abençoe e te dê paz!

Um abraço.

Vivendo o Reino

“…aquele que diz estar nele, também deve andar como Ele andou.” (1 João 2:6)

Muito mais que falar do Reino de Deus, o grande desafio da igreja é viver o reino de Deus.

Vivemos um período de modismos, shows, eventos, acontecimentos. Vivemos tempos de pastores super stars e, infelizmente, cristãos sem referência e até mesmo sem cobertura. Ovelhas sem pastor vagando de pasto em pasto e o mundo que se depara com o crescimento de uma igreja que acaba não impactando. Uma igreja inchada, reveladora de um crescimento de estatísticas que não transformam. Um crescimento internalizado no seio da igreja, mas incapaz de impactar o mundo. Uma igreja que não alcança, que não corre, que não mostra a cara. Enfim, vivemos a onda gospel. E ser gospel é legal.

No final das contas, acabamos não vivendo a síntese de tudo que Jesus ministrou aqui, resumido diretamente por Ele em “amar a Deus sobre todas as coisas e o próximo como a ti mesmo”. Isso tudo acaba caindo no esquecimento, mas é justamente isso que mudaria tudo em nossa vida de Igreja e nos revelaria o caminho para transformar a história e revelar a glória de Deus. É um evangelho pesado. Difícil demais para cumprir. Mas ninguém falou que seria fácil. Nem mesmo Jesus nos deu falsas esperanças. Ele mesmo disse que no mundo teríamos aflições. Mas também demonstrou (outra vez) sua preocupação e amor revelados em sua oração sacerdotal em João 17. Que mensagem, que palavras.

Ouvimos sempre e repetidamente a máxima de que o que a gente faz fala muito mais do que o que falamos. Por que então continuamos falando muito e vivendo pouco?

No meio disso tudo o apóstolo João acaba nos dando o veredito e declarando: aquele que diz estar nele também deve andar como Ele andou. Interessante ele falar justamente “aquele que diz…”.

Que o Senhor nos abençoe!


Categorias

O que foi dito…

Contando

  • 304 acessos até agora...
Anúncios